Colocados todos os Professores de Artes Performativas AAAF, AEC e CAF para o projeto «Mais Três»

  • Publicado em Sociedade

«Mais Três» é o resultado da fusão de dois projetos de educação artística d’A Oficina: o «Mais Dois» que, desde 2014, levava dança e teatro às escolas do 1.º ciclo do concelho, a partir das Atividades de Enriquecimento Curricular; e o ‘Ante Pé’, que envolvia crianças do ensino pré-escolar de todos os jardins-de-infância públicos do concelho, através das Atividades de Animação e de Apoio à Família, e também os estudantes do 1.º ao 4.º ano do 1.º ciclo, por via da Componente de Apoio à Família.

A coordenação destes projetos, que agora se integram, resulta de uma parceria entre a Câmara Municipal de Guimarães (Vereação da Educação) e A Oficina (Educação e Mediação Cultural) e tem vindo a contribuir, num esforço de equidade em todo o concelho, para o reconhecimento das artes performativas enquanto áreas de conhecimento, estruturantes para a formação do indivíduo e da relação com coletivo em que se insere.

O programa «Mais Três» pretende que a criança seja envolvida nas atividades, ouça orientações, ria, descubra possibilidades, aprecie, partilhe descobertas e se proponha a novos desafios. Desta forma, estimulam-se as suas capacidades cognitivas e desenvolvem-se competências essenciais como ouvir e compreender, bem como a curiosidade e a invenção, a expressão e a sociabilidade. Pretende que a criança saiba olhar o mundo, explorá-lo, vê-lo com múltiplas cores, que a arte a ajude na construção duma cidadania ativa e a transforme numa pessoa melhor.

Abrangendo todo o município vimaranense, o «Mais Três» sustenta-se no trabalho em sala de aula (com professores e materiais especificamente orientados para estas aulas) em interação com um conjunto de atividades e envolvendo todas as turmas: receção de artistas em sala de aula; aulas abertas com a participação dos pais/encarregados de educação; e saídas para assistir a espetáculos nos espaços culturais programados pel´A Oficina, como o Centro Internacional das Artes José de Guimarães e o Centro Cultural Vila Flor.