Medalha de Honra do Município de Guimarães atribuída a Marcelo Rebelo de Sousa

  • Publicado em Sociedade
No âmbito das comemorações do 24 de Junho - Dia Um de Portugal

O Município de Guimarães, sob proposta do Presidente da Câmara, Domingos Bragança, vai distinguir o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, com a Medalha de Honra do Município, no âmbito das Comemorações do 24 de Junho - Dia Um de Portugal.

A Medalha de Honra do Município de Guimarães é o mais alto galardão concedido pelo Município, compreendendo apenas o grau ouro e confere ao agraciado o título de "Cidadão Honorário de Guimarães". O reconhecimento a Marcelo Rebelo de Sousa deve-se ao seu papel importantíssimo enquanto Presidente da República, assim como o caráter humanista e de proximidade das populações, a sua luta contra o populismo e a demagogia, e ainda a forma como ajudou a melhorar a imagem dos portugueses. Estes são os valores de uma cidade que se orgulha de ser o Berço e que tudo faz para colocar as pessoas no centro da sua atuação.

A Medalha de Mérito Municipal compreende apenas o grau ouro e destina-se a distinguir as pessoas singulares ou coletivas, nacionais ou estrangeiras, que se distingam pelo seu significativo contributo em áreas específicas de atividade - social, humanitária, empresarial, cultural, científica, cívica, desportiva, política ou outras - de que advenham assinaláveis benefícios para o prestígio e notoriedade do Município, para a melhoria das condições de vida dos seus munícipes, para a honra da sua história ou para o seu desenvolvimento futuro.

Neste sentido, o Município de Guimarães pretende valorizar aquilo que é a grande marca de Guimarães, um território histórico, patrimonial e cultural, com as nomeações de Francisca Abreu, Alexandra Gesta, Isabel Fernandes e Carlos Poças Falcão.

- Francisca Abreu – enquanto Vereadora assumiu protagonismo e decisão política apostando na Cultura, no trabalho que levou Guimarães a Capital Europeia da Cultura e também ao trabalho que desenvolveu em 2012.

- Alexandra Gesta – a classificação do Centro Histórico como Património da UNESCO foi determinante para a cidade que temos hoje e a Arquiteta Alexandra Gesta, juntamente com Fernando Távora, foi incontornável nesta questão. É um nome reconhecido em todo o lado na área da Requalificação Urbana.

- Isabel Fernandes – dirige equipamentos culturais icónicos da Cidade, como o Castelo de Guimarães, Paço dos Duques de Bragança e Museu Alberto Sampaio. Tem uma forte ligação e identidade com Guimarães, sendo uma conceituada defensora dos valores culturais Vimaranenses.

- Carlos Poças Falcão – escritor, poeta, reconhecido pela Sociedade Portuguesa de Autores, homem discreto e com um percurso enorme na área da criação literária, que eleva o nome de Guimarães.