Dia Internacional dos Museus assinalado com iniciativas no CIAJG e Casa da Memória

  • Publicado em Atualidade
Durante o dia

O Dia Internacional dos Museus é assinalado este sábado, 18 de maio, com a realização de diversas iniciativas na Casa da Memória e no Centro Internacional das Artes José de Guimarães.

Em dia de entrada gratuita em todos os museus, os espaços geridos pel’A Oficina associam-se à celebração. Mas não apenas abrem as portas para mostrar as suas exposições, como propõem um conjunto de atividades para todos os públicos.

Programa:

CIAJG / 11h00
Máquina de Fazer Museus
Outro Eu
Gonçalo Fonseca
As máscaras da coleção do CIAJG são o ponto de partida para uma oficina dirigida a crianças e a famílias em que serão construídas máscaras a partir de materiais que são acessíveis a todos, incluindo elementos naturais como cascas e ramos de árvores, folhas e pedras.

CDMG / 11h00
Auxiliar de Memória
Onda Amarela
São tantas as visitas possíveis à Casa da Memória de Guimarães quantos os seus visitantes. Este jogo interativo tenta mostrá-lo, permitindo percorrer as duas naves deste centro interpretativo de uma forma nada linear, apontando para aspetos nem sempre visíveis da sua exposição permanente ou para as atividades que a exposição suscita.

CDMG / 15h00
Oficina Excêntrica
Cristina Cunha
A atriz, figurinista e cenógrafa Cristina Cunha vem trabalhando em freguesias fora do centro de Guimarães – Briteiros, Pevidém, Ponte, S. Torcato e Taipas – em oficinas que exploram a plasticidade de materiais usados no teatro, trabalhando a criação de máscaras e marionetes, adereços e figurinos. São os objetos criados nessa Oficina Excêntrica que o público poderá agora ver nesta exposição.

CIAJG / 17h00
Ponto de Fuga
Nuno Preto
Esta é uma viagem performativa que visita o Centro Internacional das Artes José de Guimarães. Os visitantes são autorizados a deixar escapar o olhar para onde, normalmente, não olham e a deixar passar o corpo para onde ele, normalmente, não mexe.

Partida da CDMG / 21H30
À Noite Vê-se Melhor
Visita Noturna à CDMG e ao CIAJG
Marta Silva, João Lopes, Celeste Domingues, Daniela Freitas, Carla Oliveira, Melissa Rodrigues, João Terras, Maria Corte-Real, Francisco Neves e António Poppe
Dois museus, 200 metros de distância e uma mesma avenida. A equipa de monitores e mediadores do CIAJG - Centro Internacional das Artes José de Guimarães e da Casa da Memória de Guimarães leva os visitantes a conhecer estes dois espaços, numa visita em forma de cadáver esquisito. Cada um dos guias é responsável por uma única sala e não terá contacto prévio com a apresentação dos colegas. Pelo meio, uma surpresa: uma performance de António Poppe.