Teleférico de Guimarães encerra para obra de grande intervenção

  • Publicado em Sociedade
Obras prevista para dois meses

O Teleférico de Guimarães encerra ao público a partir desta segunda-feira, 07 de janeiro, para a realização de uma grande intervenção, mais concretamente na linha e nos postes. Estes trabalhos, cuja previsão aponta para uma duração de dois meses, são de extrema importância para que o mecanismo do Teleférico de Guimarães possa continuar a funcionar com o nível de segurança exigido, informou a Turipenha.

Segundo Sofia Ferreira, Presidente da Direção da Turipenha, “a segurança é para nós a questão mais prioritária na gestão do Teleférico e estas grandes intervenções são necessárias e inadiáveis para que possamos manter os padrões exigidos pelo setor dos transportes por cabo”.

Esta grande intervenção é a quinta que se realiza no Teleférico de Guimarães desde que este abriu ao público, em 1995, e implica uma grande logística, nomeadamente a utilização de um helicóptero para retirar os os balancés dos postes e os colocar no solo onde serão acondicionados e enviados para as instalações da entidade responsável pela manutenção, para revisão, reparação e certificação.

Esta grande operação de manutenção foi adjudicada pela Turipenha, Cooperativa de Interesse Público, CRL., na sequência de concurso público, a um consórcio luso espanhol.