Incêndios consumiram 4 hectares de floresta na Costa e Souto São Salvador

  • Publicado em Sociedade
Bombeiros das Taipas continuam a combater incêndio que iniciou em Leitões

Quatro hectares de floresta consumida pelas chamas foram o resultado de dois incêndios que deflagraram nas freguesias da Costa e Souto São Salvador.

O primeiro foi registado às 22:14 horas, na zona de Monchique, na Costa. Para a ocorrência os Bombeiros Voluntários de Guimarães mobilizaram 15 operacionais 6 viaturas, que deram os trabalhos por concluídos às 04:20 horas, após terem sido contabilizados três hectares de floresta consumida pelo fogo.

Já ao início da madrugada desta segunda-feira, às 00:20 horas, uma equipa de 8 operacionais e 2 veículos dos Bombeiros Voluntários das Taipas foi chamada a combater um outro incêndio florestal no concelho, desta feita no Lugar de Guardina, em Souto São Salvador.

Os trabalhos foram dados por finalizados às 04:15 horas, tendo o incêndio consumido um hectare de área florestal.

BOMBEIROS DAS TAIPAS COMBATEM INCÊNDIO EM BRAGA

Entretanto, o incêndio que deflagrou, ao início da tarde de domingo, na fronteira das freguesias de Leitões e da Morreira continua ativo. As chamas estão a ser combatidas nesta altura por um total de 79 bombeiros e 24 viaturas de várias corporações, incluindo a taipense (40 elementos e 14 veículos).

Este incêndio chegou a obrigar ao corte da autoestrada A11 e posteriormente da Estrada Nacional 101, entre as Taipas e a Morreira. Já durante a madrugada foi ativado o Plano Municipal de Emergência de Braga.

Foram evacuados um hotel na Falperra, os utentes do Projeto Homem (unidade de desintoxicação) e ainda "uma instituição religiosa", estando todas essas pessoas "em segurança". Neste momento, estão cortadas as estradas "da Falperra e do Bom Jesus", além de "poder haver uma ou outra condicionadas", segundo as autoridades.