Remodelação da Urgência do Hospital de Guimarães em concurso por 2,6 ME

  • Publicado em Sociedade
Projeto para o Serviço de Urgência

A empreitada de adaptação e requalificação do Serviço de Urgência do Hospital de Guimarães está em concurso público por 2,6 milhões de euros, devendo os trabalhos arrancar no segundo semestre de 2017.

Segundo o anúncio do concurso, os interessados têm 48 dias para apresentar as suas propostas, um prazo contado a partir de 23 de dezembro, da data da publicação em Diário da República.

Após a adjudicação da obra, o vencedor do concurso terá 364 dias para dar os trabalhos por concluídos.

De acordo com um comunicado do hospital, a pretensão é alterar “de forma significativa a infraestrutura existente e projetá-la para um funcionamento moderno e eficiente, capaz de se adequar às exigências de uma nova era na prestação dos cuidados urgentes”.

Em meados de 2016, em declarações à Lusa, o presidente do Conselho de Administração do Hospital de Guimarães, Delfim Rodrigues, sublinhou que a requalificação do Serviço de Urgência era “desejada” há cerca de década e meia.

“Nunca tinha sido possível avançar com a obra porque, até 2014, o hospital esteve sempre em situação financeira líquida negativa”, explicou.

A remodelação Serviço de Urgências era uma das principais reivindicações de uma petição promovida pela Comissão de Utentes do Hospital de Guimarães e que contou 4.660 assinaturas.