Alunos de Arquitetura Paisagista debatem em Guimarães paisagem, conectividade e bem-estar‏

  • Publicado em Sociedade
Visitas programadas para esta terça-feira

Mais de meia centena de alunos, portugueses e alemães, das Universidades do Minho e de Trás-os-Montes e Alto Douro participaram esta segunda-feira, 07 de março, no primeiro dia do XI Workshop 2016 Arquitetura Paisagista da UTAD - Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro com o tema “Paisagem, Conectividade e Bem-estar: O corredor verde da Veiga de Creixomil em Guimarães”. 

Este ano o evento foi organizado em conjunto com o Município de Guimarães e com o Laboratório da Paisagem, onde decorreu o seminário, cuja abertura esteve a cargo do Presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Domingos Bragança, do Reitor da Universidade do Minho, António Cunha e da Pró-Reitora da UTAD, Ana Paula Galvão. 

Na ocasião, Domingos Bragança enalteceu a importância de que o conhecimento adquirido possa ser utilizado no desenvolvimento de projetos que surjam numa resposta aos desafios e desígnios da candidatura de Guimarães a Capital Verde Europeia.

Ao longo do dia e nos vários painéis, diversos especialistas nacionais e internacionais, entre os quais, Jon Burley da Universidade do Michigan, dos Estados Unidos da América e Karl Ludwig da Universidade de Nurtingen, da Alemanha, debateram o modo de ordenar e prospetar alterações em paisagem, cujo foco de orientação foi a qualidade de vida e o bem-estar das comunidades humanas e não humanas.

Visitas programadas para esta terça-feira

Sob análise especial esteve a Veiga de Creixomil em Guimarães, entendida enquanto um importante e histórico sistema conector de atividades humanas em espaço regrado de biodiversidade faunística e florística. Do debate resultaram estratégias, casos de estudo e conhecimento que ajudarão a orientar o público interessado na temática e, em particular, profissionais aspirantes a desenvolverem trabalhos nos estudos da paisagem.

O Laboratório da Paisagem teve ainda oportunidade de apresentar a sua missão norteadora, o caminho que faz em conjunto com a Candidatura de Guimarães a Capital Verde Europeia, bem como os projetos científicos que se propõe a desenvolver durante este ano. Esta terça-feira, no segundo dia do workshop, os participantes vão realizar um percurso pela Veiga de Creixomil e conhecer o Centro Histórico de Guimarães.