Personalidades mundiais em ambiente apresentam em Guimarães ideias para uma cidade verde

  • Publicado em Sociedade
Conferência internacional esta segunda-feira

A Câmara Municipal de Guimarães vai reunir numa conferência internacional importantes nomes que contribuíram para a implementação de boas práticas ambientais a nível mundial. Intitulada “Como construir uma Cidade Verde”, a sessão, realizada no âmbito da preparação da candidatura vimaranense ao título de Capital Verde Europeia 2020, está marcada para esta segunda-feira, pelas 15 horas, no Laboratório da Paisagem, em Guimarães.

O responsável pela Capital Verde Europeia 2010, em Estocolmo, Gunnar Söderholm, e o coordenador da Capital Verde Europeia em 2012, na cidade espanhola de Vitoria Gasteiz, Luis Andres Orive, vão apresentar modelos de boas práticas que conduziram as suas respetivas cidades à obtenção do galardão ambiental, além de abordarem temáticas relacionadas com o futuro do desenvolvimento urbano. A sessão contará também com a presença da prestigiada investigadora da Universidade de África do Sul, Jane Carruthers, professora catedrática e autora de importantes livros sobre sustentabilidade ambiental.

A Presidente da Escola de Ciências da Universidade do Minho, Estelita Vaz, protagoniza uma intervenção sobre o papel da “Universidade na construção de uma cidade mais verde”, enquanto o tema “O modelo de cidade centrado nas pessoas”, integrado no painel “Boas Práticas Ambientais”, será abordado por Miguel Anxo Lores, Alcaide de Pontevedra, cidade espanhola premiada em 2015 pela ONU, no âmbito da transformação efetuada na sua mobilidade urbana nos últimos anos, período durante o qual o espaço urbano foi sendo adaptado com o objetivo de eliminar o trânsito automóvel no seu Centro Histórico.

Mais referências na área do Ambiente

A conferência contará ainda com Mohan Munasinghe, uma das principais figuras do mundo em matérias ambientais e que se destacou como vice-presidente do Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas das Nações Unidas - entidade que em 2007 partilhou o Prémio Nobel da Paz com Al Gore. Em Guimarães estará também o americano Will Wynn, arquiteto formado em Design Ambiental e antigo Presidente da Câmara de Austin, no Texas (EUA), tendo recebido vários prémios de reconhecimento, entre eles, o “Autarca do Ano” pela Associação de Engenheiros de Energia.

O Vice-Presidente da Sociedade Europeia para a História Ambiental, Mauro Agnoletti, Professor da Universidade de Florença, onde leciona História do Ambiente e Historia da Floresta, bem como Planeamento Ecológico, é outra importante personalidade internacional que estará segunda-feira em Guimarães e que, no dia seguinte, 26 de janeiro, pelas 14:30 horas, também no Laboratório da Paisagem, reunirá com os seus pares do Comité Externo de Aconselhamento da candidatura vimaranense, na segunda reunião de um órgão que tem por missão acompanhar a implementação do plano global, bem como validar cientificamente a preparação da candidatura de Guimarães.

 [ Artigo originalmente publicado no dia 04.01.2016 e atualizado esta segunda-feira, 25.01.2016 ]