Prisão preventiva e apresentações periódicas para indivíduos de Guimarães que pertenciam a rede de burla

  • Publicado em Sociedade
Seis dos 25 detidos ficaram em prisão preventiva

Os dois homens detidos em Guimarães por participarem em burlas através da internet, numa investigação criminal levada a cabo pela PSP a nível nacional, já conhecem as medidas de coação.

O individuo de 75 anos, ficou em prisão preventiva enquanto o mais novo, de 35 anos, ficou com apresentações periódicas 3 vezes por semana, ficando ainda proibido de contatar com os restantes arguidos.

Dos 25 detidos, seis ficaram em prisão preventiva, quatro com apresentações diárias, oito com apresentações periódicas de três vezes por semana e sete com apresentações periódicas duas vezes por semana. Ficam ainda com proibição de contatar com os restantes arguidos.

Recorde-se que a PSP de Braga deteve uma rede que adquiria carros através dos sites OLX e Stand Virtual sem os pagar.

Ao todo foram realizadas 30 buscas domiciliárias em Guimarães, Braga, Vila Verde, Porto, Gaia, Póvoa de Varzim, Vila do Conde, Santarém e Rio Maior. Os detidos, com idades entre os 23 e os 75 anos, atuavam numa primeira abordagem como um casal que pretendia adquirir uma viatura, passando depois cheques sem provisão.

Em média, por semana, eram adquiridas 4 viaturas de alta gama, sendo o valor dos veículos avaliado em 500 mil euros. A PSP de Braga apreendeu ainda bens e valores monetários, num total de aproximadamente 1,5 milhões de euros em prejuízo.