Adolescente de Guimarães que estava desaparecida foi encontrada em Paredes

  • Publicado em Sociedade
Terá fugido por livre vontade

A jovem vimaranense de 16 anos que estava desaparecida desde a passada sexta-feira já foi encontrada pela Polícia Judiciária de Braga.

A menor foi encontrada ao início da tarde desta quarta-feira no concelho de Paredes e, ao que tudo indica, Joana Santos fugiu mesmo de livre vontade, ao contrário das suspeitas da mãe.

Segundo disse fonte policial à edição online do JN, "não há qualquer suspeita da prática de atividade criminosa", afastando assim a hipótese de rapto.

Recorde-se que Joana tinha desaparecido pelas 23 horas de sexta-feira quando regressou de uma festa de final de ano dos alunos da EB1 de Santa Luzia, onde estava a estagiar no âmbito do curso vocacional. Joana saiu com as educadoras e, a meio do caminho, voltou para trás para ir buscar o casaco. A mãe desconfiou que se pudesse tratar de rapto, uma vez que Joana se tinha queixado que andava a ser seguida por um rapaz "alto de cabelo preto".