MAI suspende PSP envolvido em incidentes no Vitória-Benfica

  • Publicado em Sociedade
Incidentes aconteceram em maio

O Ministério da Administração Interna suspendeu por 90 dias o subcomissário Filipe Silva, envolvido nos incidentes de Guimarães em maio passado, e instaurou-lhe um processo disciplinar por infrações como violação dos deveres de correção e zelo.

Filipe Silva foi filmado a agredir um adepto de futebol, que estava acompanhado de dois filhos, no exterior do estádio de Guimarães e no dia em que o Benfica se sagrou campeão nacional.

Em comunicado hoje divulgado o Ministério diz que a ministra determinou o arquivamento do processo em relação ao agente Carlos Alberto Lima da Cunha e a instauração de processo disciplinar ao subcomissário Filipe Macedo da Silva, a quem foi decretada a suspensão preventiva pelo período de 90 dias.

A ministra determinou “a instauração de processo disciplinar contra o Subcomissário Filipe Daniel Macedo da Silva, pela prática de infrações disciplinares que integram a violação dos deveres de correção, obediência, zelo e aprumo”, diz o comunicado.

A ministra tinha mandado instaurar um processo de inquérito para apurar os factos praticados pelos elementos da PSP nos incidentes ocorridos junto ao Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães, a 17 de maio passado.

A decisão divulgada hoje vem na sequência do relatório apresentado pela Inspeção-Geral da Administração Interna.

O subcomissário foi filmado a agredir à bastonada um adepto do Benfica que estava acompanhado por dois filhos menores e pelo pai. Na altura o subcomissário justificou a ação por ter sido agredido verbalmente e por o adepto lhe ter cuspido. O homem em causa negou.a e a instauração de processo disciplinar ao subcomissário Filipe Macedo da Silva, a quem foi decretada a suspensão preventiva pelo período de 90 dias.