Liga Europa. Ivo Vieira quer corrigir derrota em Liège frente ao Eintracht Frankfurt

  • Publicado em Desporto

O treinador Ivo Vieira realçou hoje que o Vitória tem a "responsabilidade" de tentar vencer o Eintracht Frankfurt, na segunda jornada da Liga Europa, e corrigir o desaire com o Standard Liège (2-0).

O «timoneiro» vitoriano lembrou o "desempenho muito aceitável em termos de qualidade de jogo" na Bélgica, na ronda inaugural do grupo F, e pediu aos seus jogadores um registo "idêntico", mas um resultado melhor no duelo de quinta-feira com os alemães, um adversário que ocupa o nono lugar num campeonato "forte".

"Temos a responsabilidade de fazer um resultado diferente, de, perante os nossos adeptos, sermos uma força maior. O Eintracht é uma equipa coletivamente fortíssima, com boas individualidades. Mas vamos dizer presente na discussão do jogo", frisou, na antevisão à partida marcada para as 20 horas, no Estádio D. Afonso Henriques.

O Vitória, quarto classificado na Liga, tem as "suas armas, objetivos e pretensões" e vai encarar o jogo com o "sentimento de o querer ganhar", tal como acontece em qualquer encontro que disputa, acrescentou o técnico, de 43 anos.

Apesar de o Eintracht ter igualmente perdido na jornada inaugural do grupo - 3-0 na receção aos ingleses do Arsenal -, Ivo Vieira avisou que a formação alemã é "muito competitiva e atlética", com "laterais muito profundos" e uma frente de ataque que "segura muito" os defesas, caso jogue com o ex-sportinguista Bas Dost, ou "móvel", se tiver os portugueses André Silva e Gonçalo Paciência.

O treinador vitoriano disse, porém, acreditar na "valia" da sua equipa para "estancar" a "intensidade defensiva e ofensiva" da formação de Frankfurt, semifinalista da Liga Europa na época passada.

Apesar de nenhuma das equipas ter ainda somado pontos na competição, o técnico rejeitou que o jogo seja decisivo, preferindo realçar que a presença num "grupo competitivo e forte" é um "fator de motivação" para o Vitória crescer a nível europeu.

"Se no futuro queremos estar nestas andanças, temos de estar ao nível destes jogos, de estar ao nível dos nossos adversários, de amealhar pontos, de ganhar. Isto pode levar-nos a, estruturalmente, sermos mais fortes", disse.

Ao lado de Ivo Vieira, o médio Lucas Evangelista, reforço dos vitorianos no último «mercado de verão» por empréstimo do Nantes (França), destacou os sentimentos de "empenho e responsabilidade" que circulam na formação vitoriana, a seu ver, preparada para melhorar face ao jogo de Liège.

"Costumamos crescer nas derrotas. Saímos de cabeça erguida, porque mostrámos o nosso futebol. Faltou sermos mais agressivos. Cometemos erros e tivemos algum tempo para trabalhar. Vamos entrar com um pensamento bom para não cometermos os mesmos erros", disse.

O Vitória, terceiro classificado do grupo F, recebe o Eintracht Frankfurt, quarto, ambos sem pontos, em jogo marcado para as 20 horas de quinta-feira, no Estádio D. Afonso Henriques, com arbitragem de Radu Petrescu, da Roménia.