Ivo Vieira quer Vitória concentrado, apesar da vantagem trazida da Letónia

  • Publicado em Desporto
Técnico fez a antevisão do desafio com o Ventspils

O treinador Ivo Vieira afirmou hoje que o Vitória deve entrar "focado" na segunda mão da terceira pré-eliminatória da Liga Europa, com o Ventspils, sem dormir "à sombra" da vantagem conseguida na Letónia.

A equipa vitoriana recebe na quarta-feira a formação letã, depois de um triunfo na semana passada, por 3-0, que a deixou muito perto do «play-off», mas o treinador exigiu que os seus jogadores se concentrem para o mesmo objetivo que definiu para os jogos anteriores: ganhar e, neste caso, passar a eliminatória.

"Temos de estar focados acima de tudo no que é o jogo, no que é o resultado, em passar a eliminatória. Não podemos considerar que os jogos estão conquistados. Temos uma vantagem confortável, mas não podemos dormir à sombra deste resultado", afirmou, em conferência de imprensa, no Estádio D. Afonso Henriques, palco do jogo.

Apesar de o Ventspils entrar para o segundo jogo em desvantagem, o «timoneiro» da equipa vimaranense disse esperar um adversário parecido ao da primeira mão e que está mais preocupado com aquilo que a sua equipa pode fazer em campo.

No início de agosto, a equipa vimaranense teve três jogos seguidos numa semana, mas viu o ritmo competitivo interrompido pelo reagendamento, para 08 de setembro, da partida da jornada inaugural da Liga, no terreno do Rio Ave, devido à possível deterioração de uma das bancadas do estádio vila-condense.

Ivo Vieira rejeitou que o adiamento tenha sido uma «bênção» para o Vitória, até porque, no seu entender, a equipa "estava preparada para o desafio" e tem-se sentido bem com a elevada carga de jogos.

"É um bom hábito e um bom prenúncio ter este número de jogos. Que assim seja por muito tempo. É por isso que vamos lutar", disse.

Apesar de o calendário poder estar preenchido até ao final de agosto, com a chegada ao «play-off» da Liga Europa, o treinador madeirense avançou que o «onze» para quarta-feira vai ser escolhido com base no desempenho dos jogadores durante a semana, apesar de ter reconhecido que é importante fazer a "gestão da carga física".

"Vamos premiar em termos de desempenho e de competência. Não há jogadores para Taça da Liga, Liga Europa e campeonato. Funciono muito com as respostas que os jogadores me dão, independentemente da cor, nacionalidade e estatuto", disse.

Ao lado de Ivo Vieira, o médio Pepê, titular no jogo de Riga e autor do segundo golo, realçou que a equipa vai "entrar com o máximo de concentração e atitude" para conseguir o triunfo, tendo ainda dito que pretende fazer o maior número de jogos possível nesta época.

"Todos os jogadores para serem titulares. Eu não fujo à regra. Quero ser titular, quero jogar o maior número de minutos possível. No ano passado, não tive tantos minutos quanto esperava", lamentou.

O Vitória recebe o Ventspils, da Letónia, em partida agendada para as 17 horas de quarta-feira, no Estádio D. Afonso Henriques.