Trio de candidatos às eleições do Vitória formaliza listas

  • Publicado em Desporto
Daniel Rodrigues, Miguel Pinto Lisboa e António Miguel Cardoso

Os três candidatos à presidência do Vitória, Daniel Rodrigues, Miguel Pinto Lisboa e António Miguel Cardoso, formalizaram hoje as listas que vão concorrer às eleições de 20 de julho.

As candidaturas, subscritas por 300 sócios efetivos, no mínimo, foram entregues no Estádio D. Afonso Henriques ao ainda presidente da Mesa da Assembleia Geral, Isidro Lobo, que vai ter de as validar até terça-feira.

Daniel Rodrigues, líder do movimento ‘Um Vitória à Vitória’, foi o primeiro a entregar a lista e salientou que a sua lista, assinada por cerca de 1.500 sócios, do concelho de Guimarães e de concelhos limítrofes, tem um cariz "universal" e é uma amostra da "vitalidade" do clube.

"Agradeço a todos os sócios que, nos cafés e nos locais de trabalho, assinaram esta lista. É um número que mostra bem a vitalidade do clube e a abrangência da candidatura", disse o candidato, acompanhado de vários dos elementos da sua equipa.

Miguel Pinto Lisboa formalizou a sua lista de seguida, com cerca de 900 assinaturas de sócios, e assumiu que a sua candidatura à presidência visa "unir os vitorianos" em torno de um projeto "responsável" para tornar o clube "maior".

"Eu só me candidataria ao Vitória de forma responsável, com uma equipa forte que pudesse ajudar o Vitória em todas as vertentes do negócio [do futebol]. Só quando reuni todos os elementos necessários, é que transmitimos aos sócios que a nossa equipa iria avançar", disse o líder do movimento ‘Todos Vitória', acompanhado do candidato a presidente da Mesa da Assembleia Geral, José Antunes.

Já António Miguel Cardoso, rosto do movimento ‘Por ti, Vitória', justificou a candidatura às eleições com o "momento importante" que o clube vive e com a "paixão e a competência" da sua equipa e com as ideias que pretende implementar no clube, apesar de não se ter alongado sobre o programa.

"As ideias já vêm de trás de há muitos anos. As chaves-mestras do programa sabemos quais são. Este é um momento de grande responsabilidade. Estamos cá para ajudar o Vitória a crescer", afirmou o candidato, ao lado de vários elementos da sua lista.

O Vitória vai ter, pela segunda vez na história, um ato eleitoral com mais de dois candidatos, depois de, em 2007, Emílio Macedo da Silva ter superado, nas urnas, Manuel Rodrigues e André Pereira, agora um dos candidatos à vice-presidência, na lista de António Miguel Cardoso.

As eleições vão decorrer após a direção liderada por Júlio Mendes, presidente do clube desde 2012, ter anunciado a demissão em 27 de maio.