Moreirense vence o Covilhã e segue em frente na Taça de Portugal

  • Publicado em Desporto

O Moreirense seguiu este domingo para os oitavos de final da Taça de Portugal em futebol, ao vencer fora o Sporting da Covilhã por 0-3, na quarta eliminatória, com três golos marcados na segunda parte.

Chiquinho inaugurou o marcador (46 minutos), Makouta fez autogolo (55) e César fechou a contagem (90+2).

A equipa serrana, do segundo escalão, e a formação de Moreira de Cónegos, da I Liga, entraram em campo encaixadas, com a partida disputada sobretudo no meio campo e com ambos os emblemas a apresentar dificuldades no último terço do campo.

Apesar da preocupação com a coesão defensiva dos ‘leões da serra’, a tentar dificultar a subida no terreno do Moreirense, a equipa comandada por Ivo Vieira mostrou maior capacidade para criar jogo ofensivo, ainda que as ocasiões de golo tenham escasseado.

Os remates surgiam desenquadrados e só por duas vezes o estreante Bruno Bolas teve de intervir, para segurar dois remates fáceis de Pedro Nuno e Arsénio. O Sporting da Covilhã só por uma vez criou real perigo na primeira metade, quando Mica Silva, aos 29 minutos, atirou rasteiro, cruzado, rente ao poste.

Nos primeiros segundos do reatamento, o Moreirense inaugurou o marcador, numa saída de bola pela esquerda que Chiquinho recebeu e, de fora da área, rematou forte e colocado.

Os serranos tentaram reagir, mas foi a formação visitante que esteve perto do segundo, numa investida de Arsénio, e aos 55 minutos os ‘cónegos’ dilataram a vantagem, de bola parada. Pedro Nuno bateu o canto e, na pequena área, Makouta saltou com Chiquinho e introduziu a bola na própria baliza.

O Sporting da Covilhã subiu as linhas, aumentou a pressão e rondou várias vezes a baliza adversária, só que faltou eficácia na finalização. Adriano ainda fez abanar as redes, num remate a rasar a barra, e Onyeka rematou a rasar o poste, mas foi o Moreirense a aumentar a contagem já nos descontos, por César, em resposta a um cruzamento de Heriberto.