Elisabete Matos é a nova diretora artística do Teatro Nacional de São Carlos

  • Publicado em Cultura

A soprano vimaranense Elisabete Matos vai assumir a direção artística do Teatro Nacional de São Carlos (TNSC), em Lisboa, sucedendo a Patrick Dickie, anunciou hoje o Ministério da Cultura.

Num comunicado divulgado, a tutela agradece a Patrick Dickie "o empenho e profissionalismo com que desempenhou as suas funções", sobre as quais o responsável disse, em junho, não ter condições para continuar.

Com uma carreira internacional de mais de 25 anos, a soprano Elisabete Matos tem atuado em destacados palcos mundiais como a Metropolitan Opera House, de Nova Iorque, nos Estados Unidos, a Deutsche Oper de Berlim, na Alemanha, e o Teatro alla Scala, em Milão, Itália.

É professora-adjunta convidada na Escola Superior de Artes Aplicadas desde 2014 e, desde 2017, diretora artística do Festival Internacional de Música Religiosa de Guimarães.