UMinho organiza 3º Encontro Eurorregional de Música e Artes Cénicas

  • Publicado em Cultura
Vinte iniciativas culturais em Guimarães e Braga

A Universidade do Minho organiza este fim de semana, dias 20 e 21, em Braga e Guimarães, a terceira edição do Encontro Eurorregional de Música e Artes Cénicas - Música e Movimento Partilhados (MMP). Esta iniciativa da Fundação CEER - Centro de Estudos Euro-Regionais Galiza/Norte de Portugal conta no seu programa com cerca de vinte atividades ligadas à música, à dança e à poesia. A entrada é livre.

O evento resulta de um projeto de cooperação que nasceu há três anos da necessidade de compartilhar a cultura e a atividade artística gerada nas seis universidades públicas do Norte de Portugal e Galiza – Minho, Porto, Trás-os-Montes e Alto Douro, Corunha, Santiago de Compostela e Vigo – e abrir, assim, um canal de difusão transfronteiriça para estabelecer e reforçar sinergias, incluindo no domínio da cultura. As duas primeiras edições tiveram lugar em Vila Real e Santiago de Compostela.

A abertura oficial desta terceira edição realiza-se no sábado, dia 20, às 15:15 horas, no Salão Nobre da UMinho, em Braga, com a presença do reitor Rui Vieira de Castro, e da vice-reitora para a Cultura e Sociedade, Manuela Martins, além de Valerià Paül, em representação da CEER. Segue-se, no Largo do Paço, a atuação de várias tunas femininas, no âmbito do festival "Trovas", e do iPUM - Percussão Universitária do Minho. Os espetáculos ao ar livre estendem-se até às 18 horas na Praça da República, onde vai ser possível apreciar dança e música tradicionais galegas e folclore minhoto. A programação inclui ainda, das 18:30 às 19 horas, no Salão Medieval da UMinho, momentos de poesia, dança contemporânea e jazz com termografia, a cargo de grupos culturais das universidades de Trás-os-Montes e Alto Douro, Corunha e Porto, respetivamente.

Esta iniciativa prossegue no domingo, a partir das 11 horas, no Largo do Toural, em Guimarães, com a atuação de tunas e grupos de percussão e de música tradicional galega, estando também previsto para de manhã, na Praça de Santiago, um recital de poesia e uma performance de dança contemporânea. Esta edição do MMP tem a colaboração dos municípios de Braga e Guimarães.