Guimarães acolheu encerramento do projeto «Engenheiras por Um Dia»

  • Publicado em Atualidade
No Multiusos de Guimarães

O Multiusos de Guimarães acolheu o encerramento do projeto «Engenheiras por Um Dia» que visa combater os estereótipos de género e a subsequente segregação sexual nas opções escolares, formativas e profissionais junto dos alunos/as do ensino secundário e do 3.º ciclo do ensino básico, a opção pelas engenharias e pelas tecnologias, desconstruindo a ideia de que estes são domínios masculinos.

A sessão de abertura contou com a presença de Paula Oliveira, Vereadora da Câmara de Guimarães e Conselheira Municipal para a Igualdade, Margarida Mateus, da Carta Portuguesa para a Diversidade e Rosa Oliveira, da Comissão para a Igualdade de Género. O evento reúne cerca de 500 alunos de várias escolas da zona norte do país, sendo que a o encerramento para as escolas da zona centro e sul está agendado para 16 de maio, em Lisboa.

'Engenheiras por Um Dia' é um projeto promovido por iniciativa da Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade implementado, como experiência-piloto, em 2017-2018 e durante o ano letivo 2018/19, com a coordenação técnica conjunta da Carta para a Diversidade e da Comissão para a Cidadania e a Igualdade e Género, dando-se continuidade ao Projeto através do alargamento das parcerias que o sustentam a um conjunto de instituições de ensino superior, empresas e autarquias. 

Ao longo deste ano letivo, foram realizadas várias atividades com as 26 escolas que integram o projeto a nível nacional, abordando esta temática em escolas de Guimarães.

O Município de Guimarães associou-se à Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género e à Carta Portuguesa para a Diversidade e desafiou as escolas secundárias do concelho a integrarem a iniciativa "Girls in ICT Day", cujas sessões decorreram nos dias 04 e 05 de abril e contaram com a partilha de experiências e percursos profissionais por parte de engenheiras da EDP, Altice, Universidade do Minho e Câmara Municipal de Guimarães. Participaram nestas ações alunos e alunas da Escola Secundária de Caldas das Taipas, Escola Profissional CENATEX, Escola Secundária Martins Sarmento, Escola Profissional Bento Jesus Caraça e Agrupamento de Escolas Santos Simões, num total de cerca de 400 jovens.