«ExcentriCidade». «John and the Charmers» atuam este sábado em Moreira de Cónegos

  • Publicado em Atualidade
Às 21:30 horas

O Centro Pastoral de Moreira de Cónegos recebe este sábado, a partir das 21:30 horas, a atuação de «John and the Charmers», no âmbito do projeto de descentralização cultural «ExcentriCidade».

A primeira música do álbum de estreia «Velvet Blue» foi composta a 1 de outubro (Dia mundial da música) de 2012 – ano em que a sua cidade natal (Guimarães) foi Capital Europeia da Cultura. As gravações do disco foram feitas entre Setembro e Dezembro de 2013 e misturadas em Janeiro de 2014.

Os produtores foram Pedro Mouga e o próprio João de Guimarães. O trabalho foi posteriormente masterizado por Mário Barreiros nos estúdios MB em Março de 2014. No total participaram 18 músicos nas gravações das músicas em estúdio. 

Este disco apresenta um conjunto de 10 músicas com diferentes ambientes, resultado de diferentes composições, diferentes arranjos e diferentes instrumentos e interpretações. Os instrumentos foram: bateria, baixo elétrico, baixo acústico, contrabaixo, guitarra acústica, guitarra elétrica, piano, sintetizadores, ukulele, vibrafone, harmónica, trombone, saxofone, trompete, violoncelo, viola, violino e vozes. 

O single de lançamento é o tema «She loves me, she loves me not», para o qual foi criado um vídeoclip. A equipa deste projeto alarga-se ainda a áreas como: fotografia, pintura, web-design, guarda roupa, cenografia, desenho de som, desenho de uz. Perfazendo um total de 30 pessoas. Este projeto é, por isso, desde o seu início, um laboratório de criação multidisciplinar. John and the Charmers envolve-se de paixão e texturas que nos faz viajar por um ambiente aconchegante e sonhador.