Adolescentes que bebem e fumam têm danos arteriais em poucos anos

  • Publicado em Atualidade

O álcool e o tabaco provocam rapidamente consequências na saúde dos jovens, mostra um estudo que avaliou o impacto do consumo de álcool e de tabaco em adolescentes britânicos e verificou que aos 17 anos já apresentam danos nas artérias. Os investigadores que realizaram o estudo alertam para a necessidade de criação de políticas públicas que previnam a adoção destes hábitos entre aquela camada da população, de forma a preservar ou restaurar a sua saúde arterial.

Não é preciso ter estes dois hábitos em conjunto para que se notem efeitos na saúde arterial. Fumar na juventude, mesmo que seja pouco, está associado ao aumento da “rigidez arterial”. Por outro lado, a intensidade do consumo de álcool tem um “impacto mais significativo” do que a frequência com que se bebe.

Mesmo assim, a pesquisa feita por Marietta Charakida, da University College de Londres, e outros investigadores, mostrou que se os jovens pararem de fumar e beber, a sua saúde arterial volta ao normal. Os resultados foram publicados na revista científica European Heart Journal na terça-feira.