Continente, Açores e Madeira em risco muito elevado de exposição à radiação ultravioleta

  • Publicado em Atualidade
Esta segunda-feira

Os 18 distritos do continente e os arquipélagos dos Açores e da Madeira apresentam hoje um risco muito elevado de exposição à radiação ultravioleta (UV), segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Os 18 distritos do continente (Braga, Viana do Castelo, Porto, Vila Real, Bragança, Viseu, Aveiro, Coimbra, Leiria, Guarda, Castelo Branco, Portalegre, Lisboa, Setúbal, Santarém, Évora, Beja e Faro), Funchal e Porto Santo (arquipélago da Madeira) e as ilhas das Flores, Faial, Terceira e São Miguel (Açores) estão em risco muito elevado.

Para as regiões com risco muito elevado e elevado, o IPMA recomenda a utilização de óculos de sol com filtro UV, chapéu, «t-shirt», guarda-sol, protetor solar e evitar a exposição das crianças ao Sol.

O índice ultravioleta varia entre 1 e 2, em que o risco de exposição à radiação UV é baixo, 3 a 5 (moderado), 6 a 7 (elevado), 8 a 10 (muito elevado) e superior a 11 (extremo).

O IPMA prevê para hoje no continente céu pouco nublado ou limpo, apresentando períodos de maior nebulosidade durante a tarde no interior das regiões Centro e Sul, com possibilidade de ocorrência de aguaceiros dispersos e trovoada.

A previsão aponta ainda para vento fraco a moderado predominando do quadrante leste, soprando de noroeste no litoral oeste durante a tarde e sendo moderado a forte de nordeste nas terras altas até final da manhã e a partir do final da tarde.

Está ainda prevista uma pequena subida da temperatura mínima nas regiões Norte e Centro.