Basquetebol. Vitória joga no reduto do Galitos Barreiro no arranque da Liga

  • Publicado em Atualidade
1º jornada será disputada nos dias 06 e 07 de outubro

O sorteio da 11ª edição da Liga Portuguesa de Basquetebol ditou que o Vitória irá começar a prova no reduto do Galitos Barreiro. O desafio será disputado no fim de semana, 06 e 07 de outubro.

A 1ª ronda da Liga contempla as seguintes partidas: Illiabum Clube vs. Esgueira Basket, Galitos Barreiro vs. Vitória SC, UD Oliveirense vs. CAB Madeira, FC Porto vs. Imortal Basket, SC Lusitânia vs. Ovarense, SL Benfica vs. Terceira Basket.

A fase regular da Liga arranca no dia 06 de outubro e termina em 10 de março de 2019. A segunda fase começa em 23 de março e conclui-se a em 05 de maio. O «play-off», ciclo que decide a atribuição do título, inicia-se no dia 11 de maio e poderá terminar em 20 de junho, caso a final do «play-off» necessite de cinco duelos para se encontrar o campeão de 2018/19.

Uma das principais novidades da 11ª edição da prova é que acabaram as jornadas duplas nos Açores, em virtude de as duas equipas da ilha Terceira, o Lusitânia e o Terceira Basket, integrarem o lote de 12 clubes da Liga.

A Supertaça masculina está agendada para o dia 05 de outubro e será organizada pela associação de Aveiro em local ainda por definir. O troféu será decidido entre a Oliveirense, campeã da Liga, e o Illiabum, vencedor da última edição da Taça de Portugal.

Já quanto à Taça de Portugal, o início está programado para o dia 05 de outubro, data em que se realiza a primeira eliminatória ainda sem conjuntos da Liga. Já a decisão da prova, em formato 'final 8', está agendada entre os dias 14 e 17 de março de 2019.

Para a Taça Hugo dos Santos qualificam-se os quatro primeiros classificados da primeira volta da fase regular da Liga. A decisão está agendada para os dias 09 e 10 de fevereiro, em local a designar.

Relativamente ao campeonato da Proliga (II Divisão), a direção da FPB, depois de auscultar os clubes, decidiu alterar o figurino da competição, que, a partir da temporada de 2020/21, passará a ser disputada por apenas 12 clubes num campeonato unificado e sem grupos ou zonas pré-definidas.