Turismo tem pegada ecológica maior nas alterações climáticas

  • Publicado em Atualidade

Primeira análise global ao setor mostra que turismo é responsável por 8% das emissões mundiais, o que é quatro vezes mais do que se pensava.

São as primeiras contas globais ao peso da indústria do turismo nas emissões de gases com efeito de estufa - aquilo a que se chama a pegada carbónica - e as notícias não são nada famosas. Esta atividade, responsável por mais de 8% das emissões globais, terá de ser levada em conta nos acordos internacionais para travar as alterações climáticas, como o Acordo de Paris, alertam cientistas de várias universidades australianas, que se juntaram para realizar este estudo.

A soma final, depois de ano e meio de cálculos para juntar todos os contributos, dos transportes aos produtos alimentares e a todo o comércio envolvido nos fluxos turísticos de 160 países do mundo, mostra que o turismo é responsável por mais de 8% das emissões globais de gases com efeito de estufa, o que é quase quatro vezes mais do que pensava até agora.