Acidentes rodoviários provocaram 137 mortos entre janeiro e abril

  • Publicado em Atualidade

Os acidentes nas estradas portuguesas provocaram 137 mortos nos quatro primeiros meses deste ano, mais sete do que em igual período de 2017, indicou a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR).

A ANSR, que reúne dados da PSP e GNR, avança que, entre 01 de janeiro e 30 de abril, registaram-se 42.180 acidentes rodoviários, mais 2.403 do que no mesmo período de 2017.

Segundo a ANSR, Setúbal lidera a lista dos distritos com mais mortos nas estradas (22), seguido do Porto (17) e de Lisboa (14).

Já os distritos com menos mortos este ano são Portalegre (um) e Viana do Castelo e Coimbra, com duas vítimas mortais em cada um.

Por sua vez, os feridos graves diminuíram, tendo ficado gravemente feridas 520 pessoas nos primeiros quatro meses do ano, menos 111 do que em igual período de 2017.

A ANSR indica ainda que 11.937 pessoas sofreram ferimentos ligeiros entre janeiro e abril, mais 100 do que nos mesmos meses de 2017.

Os dados da Segurança Rodoviária dizem respeito aos mortos cujo óbito foi declarado no local do acidente ou a caminho do hospital.