Dança. Centro Cultural Vila Flor acolhe exibição do filme «Um Saco e uma Pedra»

  • Publicado em Atualidade
Este domingo, às 17 horas

«Um Saco e uma Pedra» é o nome do filme que será exibido este domingo, às 17 horas, no Pequeno Auditório do Centro Cultural Vila Flor, no âmbito das comemorações do Dia Mundial da Dança.

Esta é a mais recente criação de Tânia Carvalho. Uma peça de dança em forma de filme onde a coreógrafa troca o palco pelo ecrã.

Vamos imaginar. Há uma peça de dança. Essa peça de dança tornou-se consciente da sua existência. Tornou-se um ser. Um ser independente, capaz de tomar decisões por si mesmo, sobre si mesmo. Decidiu ir ao cinema. Pelo caminho encontrou um saco e uma pedra. Agarrou o saco, agarrou a pedra, e levou-os consigo. Talvez viesse um dia a precisar deles. Fez o seu caminho, chegou ao cinema. Mas tinha por hábito estar do lado do palco, não do espetador. E foi por isso, e por mais nada, que saltou para o ecrã…

Neste mini-programa que abraça o Dia Mundial da Dança, Jefta van Dinther estreia em Portugal a sua nova criação, «Dark Field Analysis». E Tânia Carvalho mostra-nos a sua nova faceta: uma peça de dança para ecrã, intitulada «Um Saco e uma Pedra». Duas coproduções do CCVF, com bilhete único de acesso ao custo de 10 euros.

[ Artigo originalmente publicado no dia 26.04.2018 e atualizado este domingo, 29.04.2018 ]