Pedro Martins: “Acredito que vai ser o ano do Vitória. Não tenho dúvidas”

  • Publicado em Atualidade
Técnico analisou o triunfo na Covilhã

O técnico do Vitória enalteceu a entrega da sua equipa no jogo diante o Covilhã, depois de garantida a qualificação para as meias-finais da Taça de Portugal. Pedro Martins mostra-se confiante para a eliminatória a duas mãos com o Chaves, que irá definir a presença na final do Jamor.

“Foi um jogo muito disputado, muito equilibrado em certos períodos. Já sabíamos que ia ser assim. As condições do próprio relvado criaram dificuldades. Na segunda parte houve uma reação forte do Sp. Covilhã, mas os jogadores reagiram muito bem. Não jogámos bem, mas demos tudo, trabalhámos imenso, tivemos um enorme espírito de sacrifício para procurar este resultado. Não foi fácil, porque estamos numa fase de enorme desgaste, mas os jogadores tiveram um espírito fantástico”, afirmou.

“Como dizia Scolari, era um jogo de mata-mata. Alguém tinha que sair. São competições completamente distintas, tivemos um espírito abnegado, em condições muito difíceis, alguns jogadores não estavam na sua plenitude, mas deram tudo”, sublinhou o técnico vitoriano.

Pedro Martins abordou a eliminatória com o Chaves, que irá decidir quem vai à final do Jamor. “Acredito que vai ser o ano do Vitória. Não tenho dúvidas. Acreditamos no nosso trabalho, acreditamos que vamos ter uma época extraordinária e esse acreditar foi decisivo hoje. Os jogadores deram tudo”, concluiu.