Suspeitos da morte de idoso em Moreira de Cónegos detidos pela Europol

  • Publicado em Atualidade
Factos remontam a 2013

A Europol deteve dois romenos, com cerca de 30 anos, por suspeita de envolvimento no assalto violento a um idoso em Moreira de Cónegos, em 2013, que provocou a morte do homem de 77 anos. Os arguidos já foram presentes ao juiz de Instrução Criminal do Tribunal Judicial de Guimarães para interrogatório. 

Um cúmplice da dupla, de 30 anos, já tinha sido detido em janeiro, na Roménia, para onde tinha fugido. Foi extraditado e está em prisão preventiva acusado de roubo agravado pelo resultado de morte, devendo começar a ser julgado em breve, segundo adianta o jornal Correio da Manhã.

Os factos remontam a abril de 2013. Francisco Lopes foi espancado, amordaçado e amarrado à cama, tendo sido encontrado sem vida no interior da sua residência por um vizinho e por duas funcionárias de uma instituição social de Guardizela. 

Além da vítima mortal, o trio encontrou a esposa em pânico e a empregada doméstica manietada e com o rosto desfigurado num anexo onde ela costumava dormir durante a noite, período em que permanecia na residência do casal.