Portugal procura hoje o primeiro título europeu diante a anfitriã França

  • Publicado em Atualidade
Final do Campeonato da Europa de Futebol

Portugal vai tentar este domingo conquistar pela primeira vez o Campeonato da Europa de Futebol, diante uma seleção francesa a atuar em «casa» e que chega à final do Stade de France como favorita.

Com todos os jogadores à disposição de Fernando Santos, incluindo Pepe, que parece restabelecido de problemas musculares, a seleção portuguesa vai tentar arrebatar o primeiro troféu da sua história, depois de ter perdido a final de há 12 anos para a Grécia, em Lisboa.

A final do Euro’2016 será apenas a segunda vez que a «equipa das quinas» disputa a decisão de um Europeu, após ter caído nas meias-finais de 1984, 2000 e 2012. Contudo, Portugal terá pela frente uma seleção francesa que não só é a anfitriã, como tem um registo claramente favorável nos embates com a equipa lusa.

Nos 24 encontros disputados entre ambos, a seleção portuguesa ganhou apenas cinco, empatou um e perdeu 18, entre os quais os únicos três oficiais, nas meias-finais dos Europeus de 1984 e 2000, e do Mundial de 2006.

Pepe e William Carvalho, que falharam o jogo com o País de Gales, devido a lesão e castigo, respetivamente, devem regressar ao «onze», entrando para os lugares de Bruno Alves e Danilo, que mereceram a confiança do técnico diante dos galeses.

Para chegar à decisão do Euro2016, Portugal somou três empates na fase de grupos, diante a Islândia, Áustria e Hungria, antes de ultrapassar Croácia (1-0, no prolongamento) nos oitavos de final, Polónia (apenas no desempate por grandes penalidades) nos «quartos», e País de Gales (2-0) nas meias-finais.

Por seu lado, a França venceu os dois primeiros jogos da fase de grupos, frente a Roménia e Albânia, e empatou o terceiro com a Suíça, batendo, posteriormente, República da Irlanda (oitavos de final), Islândia (quartos de final) e Alemanha (meia-final) no caminho para a final de Paris.

Portugal e França disputam a final do Euro’2016 a partir das 21 horas locais (20 horas em Portugal), no Stade de France, em Saint-Denis, arredores de Paris, num encontro que será dirigido pelo inglês Mark Clattenburg.