UMinho. Conferência no CCVF reúne peritos de dez países para debater futuro dos polímeros

  • Publicado em Atualidade
Esta sexta-feira e sábado

O Centro Cultural de Vila Flor acolhe até este sábado, dia 2 de julho, a Conferência Internacional “Polímeros - Ciência, Tecnologia e Inovação”, que junta cerca de 200 especialistas de dez países. O evento teve início esta sexta-feira, pelas 09:30 horas e contou com a presença do reitor da Universidade do Minho, António M. Cunha, do presidente da Câmara de Guimarães, Domingos Bragança, e do presidente do Polo de Inovação em Engenharia de Polímeros (PIEP), João Cortez.

Esta segunda edição é promovida pelo PIEP, Departamento de Engenharia de Polímeros (DEP) da UMinho e Instituto de Polímeros e Compósitos (IPC/I3N), em parceria com o Município de Guimarães. Serão apresentadas até este sábado inovações e tendências científicas para aplicações de ponta em diversos setores da indústria, como automóvel, aeronáutica, aeroespacial, saúde, alimentar e agricultura.

Do programa destacam-se as intervenções de Pedro Delgado, da Bosch Car Multimedia (dia 1, às 9h50), Hrvoje Jasak, da Universidade de Zagreb, Croácia (dia 1, às 11h30), Lars Montelius, do INL - Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia (dia 1, às 12h30), Geert Jan Willems, da SABIC, Holanda (dia 2, às 11h10) e Bartolomé Simonet, do Grupo Carbures, em Espanha (dia 2, às 12h30). Na sexta-feira, das 17h00 às 19h00, estão previstas visitas guiadas ao DEP e ao PIEP, situados no campus de Azurém. Os interessados poderão participar, na quinta-feira, no curso intensivo “A Ciência de Polímeros Revisitada”, tendo que efetuar a inscrição em www.polimeros.eu.

“A importância de Guimarães enquanto polo nacional de Ciência e Engenharia de Polímeros é indiscutível. O DEP tem vindo a formar, há várias décadas, licenciados, mestres e doutorados que colaboram em múltiplas empresas e entidades nacionais e internacionais. O IPC e o PIEP desenvolvem, também, uma importante atividade de investigação e de inovação científica e tecnológica com grande impacto a nível mundial”, afirma João Pedro Nunes, coordenador do evento. A iniciativa é destinada a docentes, investigadores, alunos, profissionais e técnicos ligados às áreas da gestão e engenharia de materiais, produção, construção e de projeto e fabrico de produtos, sobretudo, em plástico e compósito.

 [ Artigo originalmente publicado no dia 12.06.2016 e atualizado este sábado, 02.07.2016 ]