Uso das redes sociais em Portugal triplicou em sete anos diz estudo

  • Publicado em Atualidade

O número de utilizadores portugueses de redes sociais triplicou em sete anos, para 54,8% em 2015, e um terço das empresas usa estas plataformas, de acordo com estudos da Marktest e da IDC Portugal, respetivamente.

“Entre 2008 e 2015, o número de utilizadores de redes sociais em Portugal cresceu de 17,1% para 54,8%”, disse à Lusa Esperança Afonso, responsável pelo estudo da Marktest “Os portugueses e as redes sociais 2015”, tendo em conta que 65,4% dos portugueses usa a Internet.

Segundo o estudo, do total de páginas da Internet consultadas durante a navegação, 15% respeitava as redes sociais, responsáveis por 38% do tempo consumido a navegar na rede.

O Facebook é a rede social com maior taxa de penetração em Portugal, com 93,6%, seguido do YouTube (41,4%), Google + (40,2%), LinkedIn (37,3%), Instagram (28,9%) e Twitter (23,6%), segundo o estudo da Marktest.