Doenças cerebrovasculares matam 30 pessoas por dia em Portugal

  • Publicado em Atualidade

Mais de 30 pessoas morreram por dia devido a doenças cerebrovasculares em 2013, um número que ainda assim tem vindo a diminuir mas que continua a manter Portugal acima da média europeia na mortalidade por doença cerebrovascular.

Segundo o relatório «Portugal - Doenças Cérebro-Cardiovasculares em Números 2015», da Direção-geral da Saúde, os dados mais recentes da mortalidade por doenças cerebrovasculares, relativos a 2013, revelam que morreram 11.751 pessoas, 1.773 das quais por Acidente Vascular Cerebral (AVC) hemorrágico e 6.099 por AVC isquémico.

Ainda assim, estes números traduzem uma diminuição de 1.269 mortes comparativamente a 2012, ano em que a mortalidade total por doenças cerebrovasculares se cifrou em 13.020 casos.