Miguel Leal: “Temos de jogar para ganhar”

  • Publicado em Atualidade
Partida agendada para esta 4ª feira, às 16:15 horas

O treinador do Moreirense, Miguel Leal, garantiu esta terça-feira que vai disputar "com ambição" o dérbi de quarta-feira com o "difícil" Vitória, em jogo da 16ª jornada da I Liga, em Moreira de Cónegos.

"Espero que seja um bom jogo entre duas equipas da mesma cidade. É um adversário difícil mas temos de jogar para ganhar, que é o que fazemos sempre. Se não conseguirmos ganhar, pelo menos empatar", disse o técnico do Moreirense em conferência de imprensa de antevisão do encontro de quarta-feira.

O jogo que vai opor os dois ‘vizinhos’ de Guimarães disputa-se quarta-feira em Moreira de Cónegos, às 16:15 horas, Miguel Leal criticou a hora e data, segundo o qual "um dérbi merecia ser disputado ao fim de semana" para "ter mais assistência" e "tornar a festa mais bonita".

Quanto à exigência do encontro, Miguel Leal considerou que "todos os jogos são exigentes e importantes", numa liga em que "há cada vez mais equilíbrio entre as equipas".

"O Vitória é muito forte e tem muita qualidade. Não tem sofrido muitos golos fora e tem feito bons resultados fora. Joga de forma mais desinibida. Mas temos as nossas armas e ambição", resumiu o técnico dos Cónegos.

Questionado sobre se acredita que o facto de os vitorianos virem de um encontro com o Benfica (derrota por 1-0) que ficou marcado por polémicas de arbitragem poderá condicionar ou pressionar este encontro, Miguel Leal considerou que "isso são coisas externas".

Os dois clubes estão separados por dois pontos, o Vitória é nono classificado, com 19 pontos, enquanto o Moreirense segue em 11º com 17. A partida está agendada para esta quarta-feira, no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, em Moreira de Cónegos, pelas 16:15 horas, com arbitragem de Tiago Martins, da Associação de Futebol de Lisboa.

[CONVOCADOS]

Guarda-redes: Nilson, Stefanovic;

Defesas: Sagna, Evaldo, André Micael, Marcelo Oliveira, Danielson;

Médios: Filipe Gonçalves, André Fontes, Alan Schons, Palhinha, Luís Carlos, Fati, Rafa Sousa, Ernest, Iuri;

Avançados: Boateng e Rafael Martins.