1,3 milhões de euros reforçam capital social do Hospital de Guimarães

  • Publicado em Atualidade
Prioridade será requalificar serviço de urgência

O Hospital da Senhora da Oliveira viu reforçado em 1,3 milhões de euros o seu capital social, o que permitirá à unidade de saúde realizar novos investimentos, particularmente, os cofinanciados por fundos comunitários, no âmbito do novo quadro comunitário de apoio Portugal 2020.

A primeira prioridade é a requalificação física do serviço de urgência e equipamentos tecnológicos, por forma a criar melhores condições de tratamento e acolhimento aos doentes e melhores condições de trabalho aos profissionais de saúde.

Segundo Delfim Rodrigues, na lista de prioridades está ainda o reforço do equipamento médico-cirúrgico e de imagiologia, área onde já foram investidos cerca de 2 milhões de euros. Este ano, este é o segundo aumento de fundos próprios do hospital, depois do reforço no início de janeiro, no valor de 9,9 milhões de euros.