Unidade Fiscal da GNR apreendeu 37.000 litros de álcool e 16,5 milhões de cigarros

  • Publicado em Atualidade

A Unidade de Ação Fiscal da GNR anunciou que, entre janeiro de 2014 e julho deste ano, fiscalizou 215.247 veículos e apreendeu quase 37.000 litros de bebidas alcoólicas e mais de 16,5 milhões de cigarros.

Segundo o balanço operacional, divulgado por ocasião do 7º aniversário da UAF, os 36.960 litros de álcool ou bebidas alcoólicas apreendidas tinham um valor próximo de 377.000 euros, enquanto os 16.569.052 cigarros estão avaliados em mais de 3,7 milhões de euros.

No âmbito do Imposto Sobre os Produtos Petrolíferos e Energéticos (ISP), a UAF elaborou 571 autos de notícia, a maioria pela introdução irregular no consumo. Nestas infrações foram apreendidos 15 veículos, entre automóveis, tratores, retroescavadoras e moto- cultivadores.

A UAF apreendeu ainda 46.325 litros de gasóleo e outros produtos petrolíferos, avaliados em mais de 196.000 euros.

Em relação ao Regime de Bens em Circulação, que regula a circulação de bens entre sujeitos passivos de IVA (Imposto sobre o Valor Acrescentado), a UAF levantou 17.747 autos de notícia por contraordenação fiscal.

Das infrações detetadas e de outras relacionadas com este regime, estima-se que, entre viaturas e mercadoria, tenha sido apreendido material no valor de oito milhões de euros.

No âmbito da importação de veículos, a UAF elaborou 2.201 autos de notícia por contraordenação aduaneira por infrações detetadas ao código do Imposto Sobre Veículos, resultando na apreensão de mais de 2.200 veículos automóveis, avaliados em mais de 20 milhões de euros.

Entre janeiro de 2014 e julho deste ano o efetivo da UAF realizou ainda 5.672 ações de seguimento e vigilância, 341 buscas domiciliárias e não domiciliarias e percorreu cerca de 450.000 quilómetros.

A UAF da GNR tem à sua responsabilidade 31 processos-crime de elevada complexidade, cuja fraude estimada ascende a 124 milhões de euros.