Junho foi o mês mais quente dos últimos 10 anos diz o Instituto Português do Mar e da Atmosfera

  • Publicado em Atualidade

O mês de junho foi o mais quente dos últimos 10 anos e o 5º desde 1931, com temperatura média do ar de quase 22 graus Celsius, muito superior ao normal.

Segundo os dados do resumo climatológico do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), disponível na sua página online, “junho caracterizou-se como um mês extremamente quente e seco” e registou mesmo duas ondas de calor, condições a que se acrescenta uma precipitação abaixo da média.

“Junho de 2015 é o mais quente dos últimos 10 anos e o 5.º mais quente desde 1931”, resume o IPMA, recordando que os meses de junho de 2004 e de 2005 foram os mais quentes desde 1931, com temperaturas médias de 23,25 e 22,81 graus, respetivamente.