Doping: Ciclista Nuno Ribeiro suspenso por dois anos

  • Publicado em Atualidade

altO ciclista Nuno Ribeiro foi suspenso por dois anos, na sequência do controlo antidoping positivo antes da Volta a Portugal do ano transacto, que viria a ganhar, anunciou esta sexta-feira a Federação Portuguesa de Ciclismo em comunicado.

“A União Velocipédica Portuguesa / Federação Portuguesa de Ciclismo informa que (...) foi proferida Decisão Final pelo Conselho Disciplinar, tendo o corredor sido sancionado com uma suspensão da actividade de 24 meses, e a anulação do resultado obtido na Volta a Portugal de 2009", lê-se na nota.

Com o anúncio do castigo de Nuno Ribeiro, suspenso preventivamente desde 28 de Setembro, deverão ser finalmente homologados os resultados da Volta do ano passado e definitivamente atribuída a vitória ao espanhol David Blanco (Palmeiras Resort-Tavira).

Nuno Ribeiro, que representava a extinta equipa Liberty Seguros, teve um resultado positivo, por EPO-CERA (eritropoietina de acção prolongada), num controlo fora de competição efectuado a 3 de Agosto, dois dias antes do início da maior prova de ciclismo nacional, tal como os seus companheiros de equipa espanhóis Hector Guerra e Isidro Nozal, igualmente suspensos por dois anos.