Guimarães. ASAE apreende dentes de elefante e hipopótamo

  • Publicado em Sociedade
ASAE - apreensão marfim e pata de elefante

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu várias peças protegidas, como dentes de elefante e de hipopótamo, que estavam a ser vendidas através da Internet, foi anunciado em comunicado. 

A ASAE avança que realizou, nos últimos meses, várias ações de vigilância e monitorização do comércio online, com especial incidência na oferta de peças que estão protegidas ambientalmente pela convenção CITES (Convenção sobre o Comércio Internacional das Espécies de Fauna e Flora Selvagens Ameaçadas de Extinção). 

Segundo a ASAE, na sequência destas ações, realizadas em Guimarães, Gaia, Marco de Canaveses, Leiria e Alcanena e, após a identificação de anúncios publicados na internet, foram instaurados processos de contraordenação pela venda de partes de espécie protegida sem a documentação legal obrigatória. 

A Autoridade apreendeu cinco dentes de elefante, um dente de hipopótamo e uma pata de elefante, que estavam a ser transacionados pelo valor total de 11.325 euros. As peças apreendidas vão ser entregues no Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas.