GNR de Guimarães deteve 4 homens por exploração e prática ilícita de jogo de fortuna e azar

  • Publicado em Sociedade
Fiscalizados 19 estabelecimentos de restauração e bebidas

O Destacamento Territorial da GNR de Guimarães deteve 4 homens, com idades compreendidas entre os 25 e os 42 anos, por exploração e prática ilícita de jogo de fortuna e azar, em Guimarães e Vizela, esta quarta-feira. Esta ação contou com a colaboração da Inspeção Geral e Jogos.

No âmbito de uma operação à prática do crime de exploração ilícita de jogo de fortuna e azar, foram fiscalizados 19 estabelecimentos de restauração e bebidas, detidos dois homens por exploração ilícita de jogo de fortuna e azar e dois homens por prática de jogo ilícito de fortuna e azar. 

Foram ainda apreendidos os seguintes artigos utilizados na exploração ilícita de jogo de fortuna e azar:
25 computadores;
Seis tablets;
Quatro computadores portáteis;
Quatro telemóveis;
Três conjuntos de Poker;
Três máquinas de roleta;
800 euros em numerário.

De referir que estes jogos, designados por jogos de fortuna ou azar, são aqueles cujo resultado é contingente por assentar exclusiva ou fundamentalmente na sorte, sendo a sua exploração e prática permitidas exclusivamente nos casinos existentes em zonas de jogo permanente ou temporário e em locais devidamente autorizados e licenciados.

Os detidos foram constituídos arguidos e sujeitos à medida de coação de termo de identidade e residência.