Secretário de Estado destaca o exemplo da participação ativa dos vimaranenses

  • Publicado em Sociedade
Vencedores do «Concurso de Ideias» apresentaram as propostas para o território

O Município de Guimarães entregou este sábado os prémios às candidaturas distinguidas no «Concurso de Ideias», numa cerimónia que contou com a presença do Secretário de Estado Adjunto e do Ambiente, José Mendes, e do vereador do Urbanismo, Fernando Seara de Sá.

Na sessão de abertura, José Mendes enalteceu a iniciativa que "chama as pessoas para o processo de governação" apontando que "é importante a cidadania ativa e mostrar as necessidades que o cidadão tem para expor as suas ideias de forma aberta e colaborativa". Neste caso, o Secretário de Estado louvou "a iniciativa que partiu do próprio Município" e referiu que "isto só é possível lançando-se desafios aos munícipes a experimentar. É uma iniciativa inspiradora para se fazer pelo país fora", referiu José Mendes, considerando o exemplo desta realização da Câmara Municipal de Guimarães.

Em representação da autarquia, Fernando Seara de Sá realçou que as propostas que concorreram demonstram "uma cidade ativa, participativa, interessada e inteligente" ao vincar a qualidade dos temas expostos e nas questões que levantam para "o uso da cidade", referiu.

As três propostas vencedoras nas categorias de Reflexão, Ideia e Intervenção foram apresentadas pelos próprios autores. Pedro Santos, com «Reflexão propositiva sobre o Município de Guimarães» venceu na categoria de Reflexão (Prémio de 1000,00 €); Filipa Pereira, com «Implantação da realidade aumentada na PR3 GMR», venceu na categoria de Ideia (Prémio de 2000,00 €) e Ana Isabel Silva e Vânia Silva, com «Museu Aberto de Couros», venceram na categoria de Intervenção (Prémio de 5000,00 €).

O Júri do «Concurso de Ideias para o Território de Guimarães», foi constituído por Jorge Cristino, representante político da CMG, Rita Salgado, representante técnica da CMG e Isabel Loureiro, representante da Universidade do Minho.