Rui L. Reis recebeu em Londres um dos maiores prémios internacionais de Engenharia

  • Publicado em Sociedade
UMinho recebe cerimónia a 15 de maio

Rui L. Reis, diretor do Grupo 3B's do Instituto de Investigação em Biomateriais, Biomiméticos e Biodegradáveis (I3Bs) e vice-reitor para a Investigação e Inovação da Universidade do Minho, recebeu ontem em Londres o "IET Harvey Engineering Research Award", um dos maiores prémios científicos do mundo na área da Engenharia. O galardão é atribuído todos os anos, e em cada três anos à área da Engenharia Médica, pela "Institution of Engineering and Technology" (IET), que tem 170 mil membros de 150 países. O prémio monetário, no valor de quase 400 mil euros, vai ser usado para criar modelos inovadores e funcionais de cancro em 3D, que possam ajudar a prever a eficácia de medicamentos, evitando o recurso a diversos testes em animais e alguns ensaios clínicos.

"É um grande privilégio receber este conceituado prémio e ser o primeiro cientista cuja carreira foi toda feita num país - Portugal - onde a língua não é a inglesa. Todos os vencedores anteriores trabalhavam no Reino Unido, EUA, Austrália ou Singapura", declarou Rui L. Reis. Trata-se de um prémio a que não são aceites candidaturas, podendo apenas apresentar propostas – baseadas no currículo do candidato e numa proposta de trabalho cientifico para cinco anos – os candidatos pré-selecionados por um júri internacional.

O júri elegeu Rui L. Reis entre várias figuras mundiais de topo, enaltecendo "as suas contribuições notáveis e as décadas de investigação excelência na área da engenharia de tecidos 3D para novas terapias regenerativas e para o desenvolvimento de modelos de doença". O presidente do comité de seleção, Sir John O'Reilly, sublinhou: "Este prémio reconhece o seu percurso de investigação e o impressionante recorde de publicações e citações. Os ensaios sobre a eficácia de novos medicamentos contra o cancro continuam a ser um dos maiores desafios que os cientistas enfrentam e a investigação desenvolvida por Rui L. Reis e a sua equipa pode acelerar a avaliação de novos medicamentos e a aprovação de novos tratamentos".

A sessão decorreu na sede do IET, no Savoy Place, e incluiu uma palestra de Rui L. Reis para o publico em geral, intitulada "Eng The Cancer". A distinção abrange ainda, pela segunda vez na história do prémio, uma cerimónia alusiva na universidade do homenageado: será a 15 de maio, na UMinho, com a presença do presidente do comité de seleção, Sir John O'Reilly, de outros membros do IET, do reitor da Uminho, Rui Vieira de Castro, e do ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor.