Município de Guimarães promove fotografia no concelho através de consurso para foto de capa do Facebook

  • Publicado em Sociedade
Em 2018, uma foto por mês

A página de Facebook da Câmara Municipal de Guimarães vai propor aos seus seguidores, em 2018, um concurso para ilustrar mensalmente a sua foto de capa, com o objetivo de divulgar o concelho e, ao mesmo tempo, fomentar o gosto pela fotografia. Cada mês, o autor da fotografia selecionada poderá escolher um de dois prémios: um GuimarãesPASS para visitar 11 espaços culturais ou uma entrada dupla para um espetáculo no CCVF, produzido pela “A Oficina”.

Entre o conjunto de regras de participação, destaca-se o território da foto, cujo local deverá pertencer ao concelho de Guimarães; tem de ser obtida em espaço público; não podem ser identificadas pessoas de forma explícita; deverá ter enquadramento horizontal e um lado maior de 1920 pixel, com tamanho limite de 2MB. As fotografias deverão ser enviadas até 5 dias úteis antes do início de cada mês, para o endereço de email <Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.>.

Todos os meses, a equipa de Comunicação do Município selecionará uma fotografia de entre as que forem rececionadas. A fotografia escolhida será utilizada durante um mês, como fotografia de capa da página de Facebook do Município de Guimarães. Para participar, os interessados deverão enviar, também, os seguintes elementos: nome e apelido; título da fotografia e local (Rua, Avenida, Largo…. e nome da freguesia), além da declaração de detenção dos direitos da fotografia e da autorização de utilização da imagem apenas para o fim designado por “Foto de Capa da Página de FB do Município de Guimarães”.

A fotografia é um importante instrumento de documentação do território. Através dela, é preservada a memória dos espaços, do edificado e das paisagens e são veiculadas ideias, opiniões ou apenas impressões estéticas. No mundo digital, das Redes Sociais, a fotografia é também um meio eficaz de comunicação, levando as imagens de Guimarães a todo o mundo, de forma instantânea, e mostrando com particular atualidade a dinâmica e a vida que se instala, os recantos menos conhecidos, ou as nuances de uma nova perspetiva.