Guimarães recebe Festa do Ambiente na Alameda S. Dâmaso e Largo do Juncal

  • Publicado em Sociedade
Até 8 de junho

O segundo dia do festival Green Week, iniciativa que promove a sustentabilidade ambiental em Guimarães, inclui esta sexta-feira, 02 de junho, o início do “Eco-Fest”, na Alameda de S. Dâmaso, um festival ecológico que conta com um conjunto de atividades pedagógicas, entre as quais se destacam as hortas inclusivas, showcooking, cinema infantil ou tertúlias. O dia destaca-se, ainda, pela programação musical, com a atuação da cantora vimaranense Sofia Escobar – vencedora de galardão de melhor atriz de teatro musical em Inglaterra. O concerto, em conjunto com a Orquestra Juvenil de Pevidém, no Palco Principal do Largo Condessa do Juncal, começa às 22 horas. Refira-se que a programação musical do Eco-Fest decorre até domingo, 4 de junho, e integra cerca de 10 concertos.

O dia desta sexta-feira fica marcado, ainda, pela inauguração da exposição “O Verde a Preto e Branco”, da Coleção de Fotografia da Muralha (CFM) de 2017, que conta com fotografias que destacam a paisagem de Guimarães e os seus locais emblemáticos nas primeiras décadas do século XX e que pretendem contrapor essa realidade com o crescimento dos espaços urbanos na cidade e a consequente modificação da paisagem e da relação do homem com a natureza. A exposição inclui um primeiro trabalho – “Tempo 1” –, que estará patente no Hotel da Penha, entre 2 de junho e 8 de setembro, e que tem como objeto as imagens das intervenções mais emblemáticas na montanha, designadamente os acessos construídos, a edificação do Santuário, as peregrinações e os eventos. Já o “Tempo 2”, que tem como tema “Para Além das Panorâmicas”, será exposto no Guimarães Shopping entre julho e outubro. A última parte terá como mote “As Vindimas” e decorre no Laboratório da Paisagem, entre 8 de setembro e 3 de novembro.

Atividades (mais) verdes

Para o segundo dia está prevista, ainda, a sessão participativa “Guimarães mais Verde”, que reunirá um conjunto de individualidades que se juntará para debater os projetos que têm sido desenvolvidos no âmbito do projeto Guimarães mais Verde, que suporta a candidatura de Guimarães a Capital Verde Europeia. A iniciativa abordará temas tão diversos como a educação para a sustentabilidade, os projetos de investigação científica ou aqueles que se revelam inovadores em áreas diversas como as linhas de água, a energia, a acústica, a qualidade do ar ou os resíduos.

Este sábado, 03 de junho, o Instituto de Design recebe o TEDx Guimarães, subordinado ao tema "Repensar, Reinventar, Reconquistar", onde será abordada a sustentabilidade, as tecnologias e as comunidades verdes e, ainda, a educação do ambiente. Por sua vez, a 4 e 5 de junho, decorre, no Largo da Oliveira, o Guimarães LandArt, a bienal de Arte da Terra, que conta com um ritual sonoro, da autoria de Carlos Alberto Augusto – compositor de renome internacional, designer sonoro e especialista em comunicação acústica. Este ritual desafia a participação de todos na produção de uma alegoria à Terra, sublinhando, paralelamente, a necessidade de redescoberta do som e outras orações da terra, como veículo de comunhão das paisagens sonoras de Guimarães.