Comando Distrital da PSP desconhece alegadas pressões de clubes do Minho

  • Publicado em Sociedade
Comunicado da Polícia de Segurança Pública

O Comando Distrital da PSP emitiu um comunicado sobre as notícias que tem vindo a público, dando conta da existência de alegadas pressões de dirigentes desportivos, do Vitória e Braga, sobre oficiais daquela autoridade, para a não observância de alguns preceitos legais relativos a competições desportivas e acesso aos estádios.

Na nota enviada às redações, a Polícia de Segurança Pública afirma não estar sujeita a “quaisquer pressões, não tendo conhecimento das mesmas, no que refere a qualquer facilitação, violação ou incumprimento das normas legais”.

Leia o comunicado na íntegra:

“Noticias vindo a público nos últimos dias em alguns órgãos de comunicação social, tem referido a existência de pressões de dirigentes desportivos para a não observância de alguns preceitos legais relativos a competições desportivas e acesso ao recinto onde as mesmas decorrem.

Sobre esta matéria, o Comando Distrital Braga quer salientar que cumpre e faz cumprir a Lei e todos os normativos legais relativos a eventos desportivos nos quais seja responsável pela segurança e atua nos termos legais, no uso das suas competências ou no exercício das que decorram da legislação em vigor, levantado os respetivos autos que remete para as entidades competentes para a decisão.

O Comando Distrital Braga continuará a fazer cumprir a Lei, não estando sujeito a quaisquer pressões, nem tendo conhecimento das mesmas, no que refere a qualquer facilitação, violação ou incumprimento das normas legais.”