Guimarães no "Top 5" nacional das escolas galardoadas com Bandeira Verde

  • Publicado em Educação
Programa "Eco-escolas"

O concelho de Guimarães mais do que duplicou o número de escolas com bandeira verde no ano letivo 2015/16, tendo alcançado o 5º lugar no programa Eco-Escolas, num total de 230 municípios inscritos. Dos 38 estabelecimentos de ensino vimaranenses que aderiram a este projeto de carácter ambiental, 28 alcançaram o estatuto de Eco-Escola com a atribuição da respetiva Bandeira Verde, verificando-se um crescimento de 40% no número de escolas inscritas no programa Eco-Escolas, um ano depois de ter sido implementado o projeto ambiental PEGADAS.

Foi ainda atribuído à Escola Virgínia Moura e à Escola Profissional Cenatex um diploma de reconhecimento pelos trabalhos desenvolvidos nos desafios "Geração Depositrão" e "Roupas Usadas não estão Acabadas", respetivamente. O anúncio foi efetuado pelo Presidente do Município, Domingos Bragança, esta quinta-feira, antes da reunião do Executivo Municipal, realçando o importante contributo das escolas do concelho para o «contínuo desenvolvimento e consolidação do Programa de Educação para a Sustentabilidade Ambiental – PEGADAS – e fundamentalmente para a candidatura de Guimarães para Capital Verde Europeia», incentivando a que mais estabelecimentos de ensino participem e se inscrevam no programa nacional Eco-Escolas.

Receberam o galardão da Bandeira Verde as escolas EB 2/3 de Pevidém; EB 2/3 Arqueólogo Mário Cardoso; EB1 Agostinho da Silva; EB1 de Pinheiro; EB1 de Tabuadelo; EB1 de Ribeira – Brito; EB1/JI de Teixugueira – Silvares; EB1/JI de Calvos; EB1/JI Casais; EB1/JI de Ronfe; EB 2/3 D. Afonso Henriques; EB da Taipas; EB de Abação; EB de Gondar; EB 2/3 Abel Salazar – Ronfe; EB 2/3 de Briteiros; EB 2/3 de João de Meira; EB 2/3 Virgínia Moura; EB1 de Pinheiral; EB1 Oliveira do Castelo; EB1/JI Cruz d'Argola; EB1/JI da Charneca; EB1/JI de Agras – Gandarela; EB1/JI de S. Roque; Escola Profissional CENATEX; Escola Profissional Profitecla de Guimarães; Escola Secundária Martins Sarmento; e Escola Secundária de Caldas das Taipas.

O "Dia das Bandeiras Verdes", que decorreu em Aveiro, com a presença do Secretário de Estado da Educação, João Costa, e do Presidente da Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE), José Archer, assinalou os 20 anos do programa Eco-Escolas, num dia comemorativo ainda abrilhantado pela banda "Xutos e Pontapés" com a música "Não somos os únicos a defender o Ambiente", um mote lançado às escolas a propósito das duas décadas do programa e que contou ainda com a colaboração do Ginásio Clube Português, responsável pela coreografia.

Refira-se que o Eco-Escolas é um programa internacional promovido pela "Foundation for Environmental Education", desenvolvido em Portugal pela Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE) desde 1996 e tem como missão encorajar ações e reconhecer o trabalho de qualidade desenvolvido pelas escolas, no âmbito da Educação Ambiental para a Sustentabilidade. Este ano, estiveram envolvidas 46 mil escolas em todo o mundo, num total de 1.437 escolas inscritas a nível nacional, das quais 1.307 foram galardoadas.