Jovens estrangeiros atraídos pelas atividades de verão da UMinho

  • Publicado em Educação
450 participantes na edição 2016 do "Verão no Campus"

Grupos de jovens de países como o Brasil e França estão esta semana na Universidade do Minho para experienciarem o que é ser estudante do ensino superior. O programa “Verão no Campus”, a decorrer nos campus de Guimarães e Braga, junta 450 participantes em 25 atividades e é mais uma aposta da instituição na internacionalização.

Os sete alunos que vieram do Colégio Mackenzie, em São Paulo, Brasil, estão a apreciar bastante a iniciativa, garante o seu professor coordenador Guilherme Oliveira. “Trouxemos este primeiro grupo e queremos trazer muitos mais no futuro. Apaixonamo-nos logo pelo projeto e sentimo-nos em casa, a organização é incrível”, resume. Um dos estudantes, Luca Costa, de 16 anos, está na atividade dinamizada pela Escola de Direito e declara: “Esta universidade é grande, moderna e com equipas qualificadas, sendo certamente uma boa opção para vir estudar”.

Os irmãos Arthur e Roman Steiner viajaram pelo segundo ano consecutivo desde a Alsácia, França. Já passaram pelas atividades coordenadas pelas Escolas de Engenharia e de Arquitetura, bem como pela Rádio Universitária do Minho. “Gosto desta experiência, sobretudo pelas amizades, e como ainda não sei bem que curso seguir talvez volte para o ano”, sorri Arthur, de 15 anos.

Recorde de participantes

A pró-reitora para a Internacionalização do Ensino, Carla Martins, afirma que a UMinho continua a reforçar o estabelecimento de parcerias internacionais, alargando o foco para instituições de ensino secundário, o que permite que jovens de outros países venham conhecer o ambiente académico e a região do Minho antes de escolherem um curso universitário. “Temos batido recordes de participantes na iniciativa ‘Verão no Campus’, procurando acomodar a procura dos interessados em todas as nossas áreas científicas”, salienta, para acrescentar: “Além disso, os alunos de outros países são também cada vez mais. De facto, a UMinho e as cidades de Braga e Guimarães oferecem condições muito favoráveis para futuros estudantes nacionais e internacionais”.

A iniciativa atrai também grupos de vários pontos do país, como os Açores ou Almeirim (Santarém), de onde veio uma dezena de alunos. A estudante Ana Clara Bento viu o anúncio do Verão no Campus na feira formativa “4U Minho” e desafiou os colegas, que agora se dividem por atividades de Química, Física, Engenharia, Economia, Enfermagem, Direito e Línguas e Culturas Orientais. “Estamos a gostar de conhecer a universidade, os projetos de ensino e as pessoas de diferentes sítios”, realça.