Liga. Vitória e Moreirense multados pelo Conselho de Disciplina da FPF

  • Publicado em Desporto
Clube vitoriano autuado em 2.870 euros, na sequência do jogo em Vila do Conde

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol divulgou castigos referentes à 12ª e 13ª jornada da Liga, bem como da 15ª jornada da 2ª Liga.

No Vitória, no que diz respeito ao jogo no reduto do Rio Ave, da 12ª jornada da prova, o clube vitoriano foi multado em 2.870 euros, por reincidência de comportamento incorreto do público, sendo mencionada a utilização de seis engenhos pirotécnicos. Já o Rio Ave terá que pagar 536 euros. 

Em relação ao desafio disputado em Setúbal, os dois clubes receberam uma repreensão e multa de 153 euros, por atraso no reinício do jogo. Quanto a jogadores, Jubal e Hurtado foram repreendidos e multados em 77 euros, pelo terceiro amarelo, Rafael Miranda terá que pagar 58 euros, por ter visto o segundo amarelo, enquanto Douglas e João Vigário foram autuados em 39 euros, por terem visto o primeiro amarelo na prova.

No Moreirense, em relação ao jogo com o Boavista, da 12ª jornada, os Cónegos foram autuados em 383 euros, por comportamento incorreto do público.

Já no seguimento da receção ao Marítimo, o Moreirense foi repreendido e multado em 306 euros, por reincidência no atraso do início do jogo, ao passo que o treinador Sérgio Vieira foi autuado em 230 euros. Quanto a atletas, Hichem Belkeroui foi suspenso por um jogo e multado em 115 euros, depois de ter sido expulso por acumulação de amarelos, enquanto Alfa Semedo terá que pagar 58 euros, pelo segundo amarelo na prova.

Na 2ª Liga, no que diz respeito ao Vitória B- Braga B, o clube foi repreendido e autuado em 72 euros, por atraso no reinício do jogo, enquanto os jogadores Phete, Falaye Sacko e Pedro Raul foram multados em 18 euros, por terem visto o primeiro amarelo no campeonato.