“Podíamos ter outro resultado ao intervalo”, disse Pedro Martins

  • Publicado em Desporto
Treinador salienta o número de adeptos presentes no estádio

Pedro Martins considera que o Vitória fez uma primeira parte de grande nível e que poderia ter chegado ao intervalo com outro resultado, depois do triunfo (2-1) na receção ao Tondela em jogo da 28ª jornada.

“Fizemos uma primeira parte de grande nível, com a equipa alegre a criar várias situações. Podíamos ter outro resultado ao intervalo. Na segunda parte houve outra gestão, a frescura não era a mesma, também fruto do jogo de terça-feira. Acabámos por sofrer, podíamos ter resolvido o jogo mais cedo. Normalmente quando não se marca as coisas podem-se alterar, mas mesmo aí estivemos coesos. Algumas coisas do passado recente vieram à cabeça das pessoas. Fizemos um bom jogo na primeira parte e inteligente na segunda”.

Questionado sobre as três alterações no plantel inicial, e se o plantel dava garantias, o técnico respondeu positivamente, salientando também o fruto do trabalho que têm vindo a desenvolver ao longo da época e o apoio da massa associativa. “Hoje estiveram 20064 pessoas no estádio, o que demonstra bem o espírito que existe na cidade, no clube e em todo o universo do Vitória. Feliz do treinador que tem este tipo de atletas, prontos para ajudar perante esta onde de positivismo do clube”.

“Foi uma semana difícil. Ficámos privados do João Aurélio, do Rafael Martins, foi uma semana complicada, aconteceram muitas mazelas que não são normais, o próprio Sturgeon e o Raphinha tiveram dificuldades, foi uma semana atípica nesse aspeto. Congratulo-me com os jogadores que entraram. Por exemplo o David Texeira tem sido um profissional incansável. Os jogadores querem mostrar-se neste ambiente e fazer história no club” finalizou o treinador do Vitória.