Inauguração da Rua de Francos, em Azurém, prevista para 24 de junho (vídeo)

  • Publicado em Concelho

Realizou-se, esta terça-feira, uma visita às obras de reperfilamento da Rua de Francos e novo acesso à Universidade do Minho – Campus de Azurém. A visita, para a qual foi convidada a imprensa, contou com a presença de Domingos Bragança, Presidente da Câmara de Guimarães, Rui Vieira de Castro, Reitor da Universidade do Minho, a Vice-Presidente, Adelina Pinto, o Vereador do Urbanismo, Fernando Seara de Sá, o Presidente da Junta de Freguesia de Azurém, Castro Antunes, e a equipa do projeto da Câmara Municipal de Guimarães, liderada por Joaquim Carvalho.

Após a verificação dos trabalhos a decorrer, sempre com a explicação dos autores do projeto, foi possível constatar o futuro nascimento de uma nova centralidade na zona nascente do Campus de Azurém da Universidade do Minho, que funcionará como um local de expansão da cidade, dotado de modernas condições da circulação e fruição, em linha com os princípios definidos pela política municipal de desenvolvimento do território, pautada por preocupações de segurança de circulação de pessoas, espaço para estacionamento, infraestruturas de mobilidade suave, entre outras preocupações.

Domingos Bragança, Presidente da Câmara, agradeceu a presença dos jornalistas, frisando que quem esteve presente nesta visita pôde constatar uma obra estruturante para o Campus de Azurém, convidando todos os vimaranenses para que, ainda antes da conclusão da obra, venham conhecer o que será um novo espaço altamente qualificado, que altera radicalmente, e para melhor, uma zona que há muito reclamava uma intervenção. "Esta é uma obra muito completa e extremamente necessária, bastante arborizada, com via pedonal segregada, aparcamento e via ciclável que fará a ligação à Rua 24 de Junho e, posteriormente, ao eixo da cidade", disse Domingos Bragança. "Este local dá a conhecer uma cidade de qualidade e acrescenta, como é nosso desejo, cidade à cidade. É também a centralidade de Azurém que é ampliada", frisou. O Edil referiu que, com esta obra, o Campus de Azurém fica com dois acessos de elevada dignidade. "Esta obra reflete a boa relação da Câmara Municipal com a nossa Universidade", concluiu.

Por sua vez, Rui Vieira de Castro, Reitor da Universidade do Minho, não quis deixar passar em claro o facto desta obra ser uma antiga aspiração da UM, que vem dignificar a sua entrada nascente. Referiu também que a solução encontrada está em linha com as preocupações do Município, reforçando a ideia já veiculada por Domingos Bragança, pois aumenta os espaços verdes, a área de circulação, e faz do Campus de Azurém um campus amigo do ambiente e da mobilidade suave. Rui Vieira de Castro reconhece o esforço da autarquia, releva o diálogo estreito com a Universidade, que é já tradição nas relações entre as duas instituições.

A obra custará 1.149.832,85€, acrescidos à taxa de IVA em vigor, e requalificará uma área total de 17.500 m2, prevendo-se a sua inauguração para este verão.

 

[ Formato Sapo.pt ]

 

[ Formato YouTube.com ]