Guimarães é a única representante de Portugal no City Nature Challenge 2018

  • Publicado em Concelho
De 27 a 30 de abril

Observar e enviar fotos de plantas, animais e fungos, usando a aplicação móvel criada pelo Laboratório da Paisagem, Biodiversity GO!. É este o desafio para os vimaranenses de 27 a 30 de abril, no âmbito do City Nature Challenge, que junta 65 cidades em todo o mundo, sendo Guimarães a única representante de Portugal.

Ao longo de quatro dias, estudantes portugueses e estrangeiros, seniores de instituições particulares de solidariedade social, escuteiros e comunidade em geral estão convidados a participar nas diversas iniciativas. O grande momento está marcado para o dia 28 de abril, sábado, no Parque da Cidade de Guimarães, com a realização do Bioblitz Guimarães 2018. Todos os vimaranenses, aspirantes a cientistas ou simples fãs da natureza e da ciência, estão convocados para fotografar toda a biodiversidade.

A participação consiste na procura de fauna e flora, que pode ser qualquer planta, animal, fungo ou qualquer outra evidência de vida. Depois da descoberta, registar uma fotografia, com máquina fotográfica ou com o telemóvel, efetuando o upload da descoberta para a aplicação Biodiversity GO!, que está disponível gratuitamente nas lojas Android e IOS.

A participação de Guimarães City Nature Challenge é mais um exemplo de proteção e promoção da Biodiversidade que Guimarães pretende realçar e que decorre da estratégia de promoção de biodiversidade encetada e presente na candidatura de Guimarães a Capital Verde Europeia.

A organização da participação de Guimarães no City Nature Challenge 2018 tem a chancela do Laboratório da Paisagem e do Município de Guimarães, ao qual se juntam diversas outras organizações como a STOL - Science Through our Lives, Universidade do Minho, Curtir Ciência – Centro de Ciência Viva de Guimarães, AVE – Associação Vimaranense para a Ecologia, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, Banco Local de Voluntariado de Guimarães, Erasmus Student Network Minho e Junta de Núcleo de Guimarães do Corpo Nacional de Escutas.