Bombeiros de Guimarães celebraram o 141º aniversário (vídeo)

  • Publicado em Concelho
Os Bombeiros Voluntários de Guimarães celebraram o seu 141º aniversário. Os momentos altos da cerimónia foram a deposição de uma coroa de flores no Monumento ao Bombeiro, a imposição de condecorações a elementos da corporação e a bênção da nova viatura de combate a incêndios florestais.

Após o desfile da corporação pelas ruas da cidade, Domingos Bragança, Presidente da Câmara, João Miranda, Presidente da Direção da AHBVG, e Bento Marques, Comandante dos Bombeiros Voluntários de Guimarães, depositaram uma coroa de flores no Monumento ao Bombeiro, homenageando todos os bombeiros que, ao longo destes 141 anos, serviram e serviram a corporação. De seguida, foram condecorados por serviços relevantes vários membros da corporação, numa cerimónia que juntou amigos e familiares, com a entrega das medalhas a ser efetuada pelas individualidades presentes, com destaque para Domingos Bragança, Presidente da Câmara, Francisca Abreu, em representação do Presidente da Assembleia Municipal, Carlos Vasconcelos, Presidente da Assembleia Geral da AHBVG, João Miranda, Presidente da Direção da AHBVG, Ricardo Almeida, Presidente do Conselho Fiscal da AHBVG, Jaime Marta Soares, Presidente da Liga dos Bombeiros, Jorge Machado, Presidente da Federação de Bombeiros do Distrito de Braga, Bento Rodrigues, Comandante dos BVG, e Hermenegildo Abreu, Comandante da Proteção Civil de Braga.
Na intervenção final, Domingos Bragança, dirigiu as primeiras palavras às bombeiras e bombeiros da corporação, a todos os seus familiares e aos órgãos sociais e sócios da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Guimarães, saudando-os pelo trabalho notável ao serviço da população concelhia e endereçando-lhes os parabéns em nome do Município de Guimarães. Sensível aos apelos de apoio à causa dos Bombeiros Voluntários lançados pelos oradores que o antecederam, e evidenciada que foi a importância das corporações de Bombeiros em Portugal e o seu caráter maioritariamente voluntário, fez questão de afirmar que a Câmara de Guimarães está atenta ao trabalho que está a ser realizado pelos Bombeiros Voluntários de Guimarães: “Estamos muito atentos e temos vindo a trabalhar em conjunto com a direção para a resolução dos problemas mais prementes, para que a proteção das nossas populações não seja colocada em causa”. O autarca destacou como primeira das prioridades a formação dos bombeiros, dados os desafios cada vez mais difíceis. “A Câmara Municipal dará todo o apoio para que a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários tenha o quadro de profissionais necessário para complementar o trabalho de voluntariado”, disse. No que diz respeito aos equipamentos, nomeadamente aos de primeira necessidade, Domingos Bragança assegurou que a Câmara Municipal não foge às suas responsabilidades, referindo como exemplo dessa postura a procura de soluções, já em curso, para a aquisição de uma nova autoescada para intervenção em zona intramuros da cidade. Contudo, o edil fez notar que as estruturas nacionais não podem demitir-se da responsabilidade que têm no apoio às corporações de bombeiros: “Não prescindimos que as autoridades nacionais apoiem a nossa Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários. Não é justo que seja apenas a Câmara a ser chamada a contribuir, mas em momento algum prejudicaremos a atividade dos nossos bombeiros”, salientou o Presidente da Câmara. “Vocês têm o nosso carinho. Têm a nossa admiração. Vocês são o orgulho de Guimarães e dos vimaranenses”, concluiu.
A encerrar a cerimónia, o capelão dos Bombeiros Voluntários de Guimarães, Padre João Queirós de Carvalho, procedeu à bênção da nova viatura de combate a incêndios florestais, recentemente adquirida com a ajuda do programa de financiamento comunitário “Portugal2020”, e que teve comparticipação do Município de Guimarães em cerca de 20 por cento.
[ Formato Sapo.pt ]
[ Formato YouTube.com ]